COMUNICADO | FUTEBOL FEMININO

COMUNICADO

FUTEBOL FEMININO

O Viseu 2001, face ao que se tem estado a passar com abordagens ás atletas de formação do futebol feminino de Viseu, sem nossa autorização, informa:

1. Na Associação de Futebol de Viseu e na Federação Portuguesa de Futebol, não há qualquer inscrição do Lusitano de Vildemoinhos para competir com qualquer equipa de futebol feminino para a época 2018/19. Anexamos o comunicado 4 de 9/08/2018, com todas as equipas que se encontram inscritas para a época 2018/19 na AFV.

2. A FPF tem nos últimos anos instituído para as equipas de futebol de formação, com idade superior a 12 anos, que os clubes devem pagar elevados custos pelas transferências de vários atletas dum único clube para apenas um clube, procurando que não haja “destruição” de equipas completas de futebol, quando sai um treinador dessa equipa.

3. Face ao que é referido no 2 e com base no ponto 1, o Lusitano de Vildemoinhos está a prometer as atletas do Viseu 2001, que irão competir no futebol feminino, quando isso é mentira. Pois á base dos regulamentos e rigor que a AFV tem imposto no futebol de Viseu, exemplo disso é o
regulamento financeiro que este ano impos a todos os clubes de Viseu, não vemos como irão ter equipas de futebol feminino inscritas, quando os prazos já expiraram.

4. Com a responsabilidade que a Prof. Francisca Martins tem tido no desenvolvimento do futebol feminino, em Viseu, é lamentável que se tenha prestado ao trabalhado de “aliciar” todas as atletas do Viseu 2001, sem qualquer consentimento da nossa parte e com a posse da base de dados (pertença do clube e intransmissível) de inscrição das atletas do nosso
clube.

5. Com base nos factos apresentados o Viseu 2001 irá apresentar uma queixa formal junto da AFV e da FPF da atuação do Lusitano Vildemoinhos e da Prof.ª Francisca Martins. Acresce que pelas responsabilidades que a Prof.ª
Francisca tem junto da equipa técnica na AFV e na FPF, para a correta formação de atletas, não deveria nunca ter aceite e colaborado nesta forma de atuação, face ao que é preconizado pela AFV, FPF, UEFA e FIFA na forma de
formar atletas de formação. Iremos igualmente pedir o seu imediato afastamento de colaboração e acesso á AFV.

6. O Viseu 2001 não vai deixar de ter equipas de futebol feminino e continua a ter as suas 2 equipas inscritas na AFV e FPF, tendo igualmente inscrita uma equipa adicional feminina na competição de futebol de 9 de Sub-13 Misto, tendo a mesma sido autorizada pela direção da AFV.

A Direção do Viseu 2001.